segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Serena


                                 

Sinto que serena em minha vida
Ao sair na rua, sinto os pingos em minha pele
Olho pro céu e não os vejo
Mas, o sinto aqui, dentro de mim...
Fico a pensar onde você está...
Sinto-te tão perto de mim
Mas não o vejo, só te desejo
Queria ter coragem de enfrentar o mundo
Não sou uma pessoa serena
Mas, no entanto...
Sinto-me serena
As dores e os medos
Afastam-me da vida
A razão, impede que eu viva
O meu coração
Impede que o sereno em me caia
Como um toldo que impede a chuva
De molhar a janela
O sereno em me faria bem
Tornar-me-ia mais serena...
Serena no meu coração!


Tempo passa rápido!



                                
Quem és tu?
Que leva contigo o que tenho!
E o que não tenha, tu me dás!
Quero de ti só a sabedoria, experiência
E o desejo que apague o que de ruim passou
Quero que ao passar em minha vida, deixe apenas
Lembranças, esperanças e paixão!
São sei se quero paixão
 O que eu quero na verdade é
Razão!!!!

Amar?




Imagem: www.google.com.br

Não quero brincar
Tornar-me inútil, fútil.
Só quero amar, amar, amar...
Quero que entenda
Que o fato de não saber, ou poder amar
É algo que não entendo
Compreendo e às vezes pergunto:
Sou normal ou anormal?
Será que nunca vou amar?
Mas no fundo do meu coração
Eu espero que não
Porque o amor é sofrimento
E nunca alento
Por isso não pretendo
Entregar meu coração
A momentos de emoção sem razão

domingo, 27 de fevereiro de 2011

Amor que Arde



Amor que arde
Quente e queima
O coração da gente
Amor que ama
Reclama em chamas
Quando a gente ama
E exclama
Por muito sofrer...
De solidão, exaustão
E assim não mais morrer...
De solidão e paixão

Encontro?



Procuro-te e não encontro
Onde estás?
Não te sinto, não te vejo só te desejo
Mas a cada momento aqui em mem estás
Loucura e fissura? Nada disso!
Só o desejo e anseio que se torna vício
É só a saudade que bate e rouba
Minha tranquilidade

Sem Explicação


Não há como explicar
Não há como entender
O amor que sinto por você
Você chegou, ficou,
De mansinhos em meu coração
E transformou meus sentimentos
Em obsessão e me trancou
Em uma prisão
Prisão de amor, dor...
E tudo se tornou terror, furor, cor...
Misto de confusão, ilusão, razão...
Erosão se infiltrou em meu coração
Quero me libertar e só amar
E não mais sofrer por você

Confusão!?



 www.google.com.br


Nunca o amor entenderá o que é razão
Nem a razão compreenderá por se só
Como o grande cabe no pequeno
E o pequeno cabe no grande
Assim é meu coração sem razão
Não compreende a confusão
Da minha razão sem razão

Só você





Só penso em você
Pela manhã ao acordar
Na tarde ao esquentar
À noite na luz do luar
Ai penso que “pirei”.
Será que “pirei”?
Percebo que não é loucura
É só a paixão
Que invade meu coração
Lembro-me de uma vez, dizer:
-Não vou me apaixonar
Mas não sabia que você existia
Ai te conheci...
Mudei...
Renasci...
Cai na real
De um jeito fatal
Incondicional...
E não houve jeito
Mesmo sabendo que não era perfeito
Você me pegou de jeito
Fiquei sem jeito
Agora me pego escrevendo, lendo e pensando...
Só pensando em você
Não é perfeito?

A construção



Imagem retirada do site: www.google.com.br

Feita em pedaços
As vezes com embaraço
Em outras sem “amasso”
Com fila de espera
Sem nada esperar dela
Com amor para começar
 Sem amor para terminar
Não tem fim...
Sempre espera por mim
 Na vida não tenho sossego
Querendo sempre razão
Sem você para encontrar
 Perdido sem comunicação
Querendo não querer
Mas, sempre tendo que ter
Algo para fazer
Sentido não encontrando
Querendo encontrar algo agora
 Para não precisar ir embora
Caminhos a percorrer
 Sem nenhum prazer
Só procurando ter
Algo para sentir
 Sendo inútil lutar
Nessa vida fugaz
Tenho que encontrar
Um lugar para repousar
Quem me dera encontrar
 Um sentido para ficar
Sem nada para escrever
 No fundo buscando você
Construção sem fim
Que chega até a mim

Vinicultor

Imagem: www.google.com.br

Vinicultor você o é...
Com sua ousadia e criatividade
Cativou-me de verdade
Suas palavras cultivaram meu coração
Sua originalidade me deixa em suas mãos
Que logo se torna um conquistador
Pegando-me com seu amor

 Verdade de está em suas mãos
Que sempre chamou: s.o.s paixão!
Ai, você apareceu e logo me amarrou
Em laços de paixão...
Uma prisão que não queria para mim
Sem fim, deixando-me afim...
Para pelo menos uma vez falar

Como você não aparece
Fica só o desejo então
De amarrar meu coração
Mas não quero perder
Sua amizade não

Por isso lhe digo
Fica sempre comigo
Não perde contato não
Mesmo que em seu coração
Você encontre a verdadeira paixão



terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Nadar

Imagem: Arquivo pessoal

 Sinto um prazer 
Inenarrável ao nadar
Não dar para explicar
Sinto o gozo e o prazer
Dentro do meu ser
As vezes tento buscar explicação...
Percebo-me feliz, livre...
Nadando e me expressando
Nos nados que dou
As braçadas são longas
As pernadas fortes
Não temo nem a morte!
Só sinto prazer
Ele é tão grande...
Que igual nunca vi
Senti, percebi...
Todos que me vê nadando
Percebem o que é liberdade
Porque até minhas expressões
São transformadas
Sinto-me amada
Pela água que me envolve
Amo a água!
A água me ama!
Sinto o amor da água
Isso pode ser loucura
Mas sinto a ternura
Pela qual sou envolvida
Querida, amiga...
Água, piscina, nadar...
Não dar para explicar!

Chove na piscina



Imagem retirada do site: www.google.com.br

O dia amanhece caloroso
Vou á piscina
Que sina!
Mas, o sol desaparece
Chove!
As gotas frias caem
Em minha pele quente
Ardente de paixão
As gotas deslizam
Em meu bronzeado em vão
Divina, genuina emoção
Envolve meu coração
Lembro de você...
Desejo que esteja perto de mim
Para assim me possuir
Procuro você...
 Sinto você...
O desejo aumenta
Quero você!!!
 Onde estás?
Estou em meio á multidão
Mas, mesmo assim, sinto-me só
Porque não tenho você
O que mim resta fazer?
Esperar por você?

Moldar


Imagem retirada do site: www.google.com.br

Moldar não será uma loucura?
Para ficar com um cara de "figura"
Nada no mundo vai poder mudar
A essência de quem nasce com um destino
Será destino ou só convicção
Interminável convicção
Que nos faz mudar de direção
Mas onde ficar o amor
Se um amor encontrar, o que você fará?
Abrirá mão, fará confusão?
A resposta está em seu coração
Insondável, amável e ao mesmo tempo implacável!
Não saberemos se isso ou aquilo...
Só saberemos uma coisa:
As convicções são fortes, mas o amor é maior que a morte
Não haverá a intenção
De magoar o coração

Espera



Imagem retirada do site: www.google.com.br

Espero-te em um tempo eterno
Que o cada dia está sendo contado
Coitado do meu coração!
Que vive na solidão,
De tão longa espera
Há em mim,
Um sentimento chamado ESPERAÇA.
Sei que quem espera um dia alcança
Só peço com confiança
Que esse tempo passe logo
E invada meu coração
De emoção sem fim
Quando você estiver perto de mim
Em mim, dentre'mim
Saberei em fim
Que gosto tem
A alegria da espera
A recompensa do tempo passado
Pensando e te desejando
Saberei não mais com esperança
Mas com a real confiança
De tua presença que não cansa
De me olhar e me tocar
Com amor sem fim
Fim de espera
Fim da sequela, que o tempo deixou
Sem a presença do meu amor!