domingo, 23 de abril de 2017

Presente quero te dá

www.google.com.br

Não é qualquer coisa não
Te darei meu coração
Nele vai meu querer
Todo amor que tenho por você
Quero dá minha vida
 Nela está contida
A memória de dias vividos
 Dias que juntos trilhamos
E muito conquistamos
Presente te dou
 Como todo meu amor
Quero muito continuar
 Contigo estar
 Até ficarmos velhinhos
Com todo carinho

Máquina

www.google.com.br

Não somos máquinas
Vivendo a trabalhar
 Sem ter onde ficar
Sem parar

Não somos máquinas
Sem sentimentos
Ou pensamentos
Causando sofrimentos

Não somos máquinas
Temos direitos
Muitos defeitos
 Somos imperfeitos

Ternura

www.google.com.br

Encontro o amor
Mesmo com dor
Querendo provar
Ternura em você
Gesto de carinho
Presa em nós
Debaixo dos lenções
Toco em tua mão
Busca sem sessar
Meu corpo nú
Buscando tu


quinta-feira, 23 de março de 2017

Salve-me

www.google.com.br

Salva-me
Do tédio que me cerca
Da mesmice que se instala
Do egoísmo que me consome
Da raiva que me come
Do cotidiano que dá fome
Da tempestade de uma vida vazia
Do sereno que torna-se veneno
De tudo que me afasta de nós

Natureza do Amor

www.google.com.br

No quarto te acho
Como fogo no fogão
Beijo-te sem pensar
Desejo de encontrar
Algo perdido que ficou
No ontem do nosso amor
Na cama tu chamas
 E reacende a chama
Do corpo que deseja
Que a natureza se revele
Na beleza do amor velado 

Revoada


www.google.com.br

Palavras ao vento
Proferidas a todo tempo
Correm como água
Para o infinito

 Palavras ao vento
Deixa sentimento
Que escondo no alento
Em meu sofrimento

Palavras ao vento
Deixo passar
 Meu corpo experimentar
Palavras calar

Palavras ao vento
 Que transpira o corpo
 Deixando morto
Sentimento torto


quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Quando olho a lua


www.google.com.br

Em sua beleza sem igual
 Torna-se real
O desejo de encontra-lo

Fico sem perceber
 O que meu coração quer fazer
Para encontrar o amor

Encho-me de pavor
Se não te encontrar
No lugar que combinamos
Para realizar nossos planos...

No quarto me perco
Sem rumo, sem razão
Coisas do coração
Que teima em dizer não