domingo, 29 de dezembro de 2013

PRESA EM TUA TEIA

www.google.com.br

Presa em tua teia encontro-me
Conquistastes meu coração
 Com sorriso sem igual
 Lançando veneno letal
 De desejo plural
Com brilho ofuscaste no olhar
Que me fitou e "secou"...
 Desejei por alguns instantes
 Ser tua e você ser meu
 Amado ou companheiro singular
Em teus braços encontrei-me
E aninhei-me
 Em encontro casual
Desejei ser imortal
Brilho que ainda ofusca meu olhar
E faz-me amar
 Teus beijos e cheiro em me ficou
Agora sou só amor!

domingo, 22 de dezembro de 2013

Colo

www.googgle.com.br 

Tranquilo em meu colo
Sinto-te repousar
Olhos cansados
Mente a trabalhar
Em sonhos privados
Para logo mais expressar
Tranquilo em meu colo
 Encontras teu sono
Tão tranquilo e sereno
Observo-te com ternura
Desejando-te mais candura
Tranquilo em meu colo
 Fico com anjos a velar teu sono
 E conduzir teus sonhos
 De homem menino
Tão grande, mas agora pequenino
 Tranquilo em meu colo
 Sinto teu peito bater
Desejos e esperanças
Renovando-se no descanso
De vivenciar como criança
Afago e cafunés da pessoa amada
Trazendo a tona lembrança
Almejando no colo permanecer
Não mais sofre de solidão
E descompasso no coração... 

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Noite clama por nós


www.google.com.br

Amor grande que cresce no peito
Desejo ardente que pega de jeito
Com carinho doce e satisfeito
Que do tempo vivido tira proveito

Noite que clama por nós
 Debaixo de seus lençóis
Com olhos vivos como faróis
Corpos juntam-se com desejo feroz

Não querendo desgrudar
Sem poder imaginar
À distância a nos separar
Com a alma a desassossegar

Noite que clama por nós assim...
 Você pertinho de mim
Igual cheiro de jasmim
Cobrando-me um curumim

Eu querendo lhe dá amor
Que tem brotado do interior
De meu coração descobridor
Igual arco íris multicor

 Noite que clama por você e eu
Igual Julieta e Romeu
Em história de apogeu
Mas que Deus protegeu

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Dúvida Cruel

www.google.com.br

Será um sentimento novo?
Que cresce sem transbordar?
Que cala o grito na garganta?
Que invade a alma e a faz desabrochar?

Não é tempestade que invade
Com duvidadas sem solução
É apenas o amar que se manifesta
Fazendo festa no coração

Coração solitário que outrora procurava
Hoje encontra e não sabe lidar
Tem medo de se decepcionar
Procura o que extremamente difícil de achar

Tranquilidade constante não há
Quando se tem alguém para amar
Porque o amor e benevolência
Compreensão, tolerância, consequência...

Dores e dúvidas sempre existirão
Elas fazem bem ao coração
Não o deixa aquietar ou esfriar
Renovando o desejo de amar

Sua fragilidade eu posso cuidar
Com o calor de meu corpo acariciar
Acolher o corpo teu em meus braços
E aliviar- te dos cansaços

Se vou te fazer sofrer não sei
Já não sei se te magoei
Só sei que contigo estarei
O que fizermos juntos
Transformar-se-á em Lei!

terça-feira, 12 de novembro de 2013

Tempestade em mim


www.google.com.br

Chove lá fora
Aqui dentro faz frio
Chuva torrencial
Arrasta meus sentimentos
Sinto-me abandonada...

O tempo esfria
Com ele, minha cama.
Solitária sem mensagem tua 
Sinto-me como outrora
Sozinha, quando não te conhecia.

As lembranças do tempo contigo
Do meu corpo em teus braços
Faz-me perceber que há mudanças
Chove aqui dentro de mim
Lagrimas banham meus olhos

Que teimam em não cessar
 Triste estou e continua a chover
 O barulho dos pingos d’água
Faz-me deseja você aqui comigo
Desconhecem meus sentimentos

Faço-me forte 
Sou vista como território inabalável
Mas, estou em pedaços.
Querendo colo, consolo...
Projeto-me em casa aconchegada

Quem me protegerás? Do que me protegerás?
 Protege-me do maior inimigo que tenho
Eu, que me puno por amar.
Por desejar se amada e desejada por ti.
 Só a te, que amo sem restrições...

domingo, 3 de novembro de 2013

Desculpe-me


www.google.com.br


Desculpe-me por não saber amar
Desculpe-me por ser intolerante e não perdoar
Desculpe-me por não saber lidar com situações
Desculpe-me por agir buscando perfeições

Algo novo revoluciona meus sentimentos
Mas,nada justifica os pensamentos
Que me deixa desfalecida
Levando-me a ações e reações desconhecidas...

Não me deixe solta, a vontade...
Se não eu fujo de verdade
Com medo desse sentimento que me arrebata
Que me faz sair da vida pacata

domingo, 20 de outubro de 2013

SILENCIAR

www.google.com.br

Meu coração brilhou quando você apareceu
Sorrindo-me com ar descontraído
 Levaste-me a lugares desconhecidos
 Ao imaginário perdido
Guiastes meu coração
 E ele desejou-te
 Vivenciou o teu amor, 
Viciado ficou...
Dependente de teus beijos,carinhos
 De tuas mãos...
Levaste-me por caminhos desconhecidos
 E fez-me silenciar no desejo
De permanecer em você
 Sem mais querer
Sair de perto de ti
Tua casa aconchego
Que me fez sentir tua mulher
Sem querer romper
 O que tenho com você
Então, silencio meu coração
 Sem razão, com paixão
 Apenas com sensação
De ter você em mim
Em alegria sem fim

terça-feira, 1 de outubro de 2013

Perdida em teus braços

www.google.com.br

Perdida em teus braços, 
Me aconchego no regaço
Me abrigo e me prendo em laço
De carinho expresso em teu olhar

Com beijos ternos a me afagar
Me fita sem saber o que penso...
Não sabes que o sentimento está propenso 
A continuar experimentando o teu paladar

E preocupa-se em saber se me agradou...
Não sabes tu, que já me conquistou
E que não consigo mais me desvencilhar
Do encanto e segurança que encontro em teu amar

Perdida em teus braços me renovo
Me torno forte, com o amor que provo
Em tua cama e brisa da manhã
Qual tal uma índia tupã

Virilidade expressa o furor
Deleito-me de teu amor
De sentimentos transbordante
De adolescente deslumbrante...

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Transborda


www.google.com.br

Transborda em mim o desejo 
Quando sinto teus beijos
Quando sinto teu corpo quente 
No meu ardente

Transborda em mim a ternura
Quando pegas em minha cintura
Me deixando com fissura
Me fazendo a mais feliz das criaturas  

Transborda em mim o destemor
De viver com teu amor
Deixando de fora o pavor
De tudo que venha falar de horror 

Transborda em mim diversão 
Libertando-me da repulsão
Que foi implantada em meu coração
Deixando-me livre da prisão 

Transborda em mim a chama 
Quando estou em tua cama
Assistindo um programa
Ou simplesmente quando me ama!

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Revigorada


www.google.com.br

Sua companhia deixa-me revigorada
Mergulhei em mar de amor...
Encontrei espécies de sentimentos 
Raros que afloraram com teus toques
Como quem mergulha em uma paixão
Tirando de minha vida sentimento padrão
Você deixou-me cheia de tesão
A procura de tesouro encantado
Enfeitando minha vida com momento ornado
De doce encanto e palavras amena
Como flor rara me senti
Em clima afável, encantador... 
Em teus braços me encontrei
E por te me encantei!

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Noite Especial



www.google.com.br

Em uma noite sem igual
De maneira particular
Você veio para ficar
Meu coração disparou
Minha mão gelou
Meu coração acelerou...
Em teu carro entrei
E me fez prisioneira tua
Sem pedir explicação
Entreguei-te meu coração
Eu que era segura
Fique imóvel como figura
Sem muita frescura
Tua presença me desestabilizou
 E me deixou em pavor
Não quero mais pensar
No que pode acontecer
Eu e você no descompasso
Sem embaraço
Sem muito pensar
Só querendo nos amar
Só querendo viver
E poder sentir
Você em mim
Eu em você
Com muito querer

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

FISSURA



www.google.com

Vidrada em você
Com desejos no sentir
Não resisto estou enamorada
Quando pegas em minha cintura
 Cresci-me uma fissura
 Calçando-me tortura
 Com tua ternura
Emanada de tua candura
Agravando minha loucura
Sem mais aventura
 Entrego-me a você
Sem mais sofrer
Aliviando meu querer
Ficando com você
 Só com você

Humor


www.google.com

Diz ter saudades
De tão distante vens
Volta como forasteiro
Ficando por inteiro
O sentimento que semeou...
 Chamou de Demi Moore
Mexeu com meu humor
Sem nenhum pudor
Deixando-me com furor...
Em teus braços experimentei
Um pouquinho de Israel
Tão doce como mel
Levaste-me para o céu
Com amor cuidou
E comigo brincou
Aumentando minha vaidade
Deixando-me com vontade
De contigo permanecer
E de não mais perder
O gostinho que experimentei
E não mais larguei...

quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Amarga Manhã



www.google.com

Amarga manhã
Que desequilibrou
Meus sentimentos,
Deixando-me perdida em pensamentos...
Amarga manhã
Deixastes-me sem explicação
Sofrendo com desilusão
Sentindo o gosto amargo da solidão...
Amarga manhã
Meus planos não foram realizados...
Deixando-me desamparada
Como rato usurpou meus planos
Deixando-me debaixo dos panos
Amarga manhã
Perdida em descompasso
Sem entender não pude revidar
Porque não estavas lá
Amarga manhã
Sem sentido, sem entender, sem explicar
Deixastes-me na mão em má situação
Não sei o que deu em você
 Para fez-me sofrer
Em uma amarga manhã

domingo, 11 de agosto de 2013

Varanda


Em “continente digital” encontrava-me
Absorta e esquecida pela realidade
Vazia de companhia e perspectivas
 Fizeste contato ligando-me ao mundo real
Encantada pelo desconhecido
Ousada, joguei-me em teus braços
Em tua varanda e rede deleitei-me
Sai da exclusão e cultura digitalizada
Experimentei momentos de felicidade
Com direito a carinhos e carícias reais
Varanda e rede inesquecíveis
Testemunhas de momentos indizíveis
Até Feiosa fez-me gostar
Com sua calda a abanar
Agora, continuidade a tudo quero dar
E minha vida contigo fundamentar

terça-feira, 23 de julho de 2013

Barco




www.google.com.br

Quero...
E muitas outras coisas
Que não as tenho...
Estamos nesse barco juntos
O meu barco mais furado ainda
Porque companhias não as tenho
Para ficar perto de mim
Então meu caro...
Estou muito tempo sem amar
Afagos...
Queria alguém para conversar
Olhar no olho e deitar juntos,
Apenas deitar e fica aninhado
Sentindo o calor, o corpo
Mão a passear...
Não me fale de carência por que
Não sou muito diferente de você
Eu sem você
E você sem mim