domingo, 29 de abril de 2012

Busca Encerrada




www.google.com.br

Sugastes meus seios como criança
A procura de alento e carinho
Olho-te com ternura 
Sinto teu desejo como outrora 
Deixo-te prosseguir com carícias...
Vejo meu corpo rejeitar cada um delas
Caminhas com desejos a procura dos meus
Encerro tua busca...
 Para mim, tudo isso já não faz sentido!

sexta-feira, 27 de abril de 2012

Em vão



www.google.com.br

Escondo-me de ti
Fujo para outra dimensão
Atravesso a calçada quando o vejo
Falo que não te quero mais
Em vão...
Recuso meus sentimentos
Escondo minha paixão
Acelera meu coração
Fica suada minha mão
 Em vão...
Busco-te fora de mim
Arrebento minha razão
Sofro de ilusão
Ficando a emoção
 Em vão...
Vivo a procurar
 Alguém para preencher
 O lugar que é todo teu
Que ficou escuro como breu
Em vão...
 Caminho sem encontrar
Alguém para amar
Desejando te ver
Para te dizer
Que foi em vão...

quarta-feira, 25 de abril de 2012

Noite Fria






www.google.com.br


Noite fria sem chuva
Só o estrilar do grilo
A incomodar o sono 
Que demora a chegar

Noite fria sem chuva
Sem vaga-lume a brilhar
Ouvindo a rua falar
Sem ter nada para contar

Noite fria sem chuva
Querendo ouvir gotas
A cair no telhado
E lembrar do passado

terça-feira, 17 de abril de 2012

Noite em meu quarto







Vejo a lua pela janela
Observo sua beleza sem igual
Sempre com cautela
Mas tudo fica banal

Minha imaginação vagueia e eu parto
Para outra dimensão que não é minha
Refugio-me em meu quarto
Aonde vou? Adivinha?

Cantar com as cigarras
Nadar com os peixes
Onde poderei ter garras
Arrumar minhas almafreixes

Numa viagem alucinante
Sem precisar de alucinógenos
Tendo como passagem a imaginação
Irmã próxima da razão

sexta-feira, 13 de abril de 2012

Penso em você!




Imagem: www.google.com.br

Só penso em você
Pela manhã ao acordar
Na tarde ao esquentar
À noite na luz do luar
Ai penso que “pirei”.
Será que “pirei”?
Percebo que não é loucura
É só a paixão
Que invade meu coração
Lembro-me de uma vez, dizer:
-Não vou me apaixonar
Mas não sabia que você existia
Ai te conheci...
Mudei...
Renasci...
Cai na real
De maneira fatal
Incondicional...
E não houve preconceito
Sabia que não era perfeito
Você me pegou direito
Fiquei sem jeito
Agora me pego escrevendo, lendo e pensando...
Só pensando em você
Não é perfeito?

quarta-feira, 4 de abril de 2012

Minha História


Retirada: www.google.com.br


Minha história tem movimentos,
 Sentimentos, dores... Mas também tem saudades!

Perdida em teus beijos




Retirada: www.google.com.br

Sem saber o que fazer
 Sem poder me proteger
 Encontro-me prisioneira tua
Teu beijo me faz refém, me desarma
 Já não sei o que fazer, como resolver...
Perdida em teus beijos
Minha razão some e me consome
Com ardor, furor sem limite
Minha imaginação aflora, implora
Por carícias infinitas
Levando-me ao delírio, lírio...
Perdida em teus beijos
Torno-me doce, espessa
Densa, propensa a não te largar
Perdida em teus beijos me acho,
 Encontro-me
Só pelo fato de ter me perdido
Em teus beijos!